Uncategorized

Sobram tarefas e falta tempo?

Tem dias que a gente fica como Houdini, tentando fazer mágica para todas as tarefas caberem no nosso dia, sem renunciar à nossa qualidade de vida. Acontece com você também?

A pandemia trouxe um período com diversas atividades em ambiente virtual, o que deu uma boa bagunçada na rotina que existia antes de março de 2020. Fato que também gerou novos aprendizados sobre como gerir meu tempo neste cenário.

Já neste ano, com a volta da presencialidade das aulas de graduação, das mentorias, dos cursos e de novas atividades, foi hora de reorganizar a agenda. Então aproveitei para conhecer mais sobre a habilidade de gestão de tempo e, principalmente, colocá-la em prática.

Como uma das minhas paixões é compartilhar o que aprendo, trago para você um pouco do que tenho experimentado, caso este também seja um desafio seu.

Seguem, então, algumas das dicas que me ajudam:

* As tarefas com horários marcados e fixos, já deixo bloqueados na agenda. Assim tenho uma visão mais clara dos tempos em que posso encaixar as tarefas que não são fixas. Ah, aqui também marco meus horários de autocuidado, pois eles são tão importantes quanto qualquer outro e criam um maior senso de compromisso comigo mesma.

* Nesta organização, deixo espaços de tempos livres e fluídos. Para mim, é importante ter equlíbrio entre as obrigações (mesmo que as adore) e os desejos libertários. Nem que sejam pequenas pausas de 15 minutos relaxantes entre os compromissos, principalmente quando o dia está muito atribulado.

* Tenho sempre por perto um lugar para registrar todas as tarefas que tenho de fazer. Isso esvazia a mente de ter que lembrar de todos os detalhes da semana ou do mês.

* Respiro. E observo a lista com calma, definindo o que é mais importante, urgente ou que pode esperar. Depois disto, vou distribuindo as tarefas durante a semana.

* Quando não realizei alguma tarefa, busco observar o porquê. Esse é um exercício ótimo de fazer e anotar. Uma ótima dica que recebi da @vilcadamiani. Esta auto-observação me ajuda a descobrir alguns gatilhos em áreas específicas. Aqui o objetivo não é se martirizar quando algo saiu do planejado, mas aprender com o que aconteceu.

* Peço ajuda! Afinal de contas, não precisamos ser o super-homem ou a mulher-maravilha.

* Digo: não. Afinal de contas, tem mágicas que envolvem tempo, prioridades e qualidade de vida, que nem Houdini consegue fazer.

E você, que dicas pode compartilhar sobre a habilidade de gestão do tempo? Conte para mim nos comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s